O circuito Alta Mogiana faz reunião com as cidades da rota de pesca e lazer do grande lago do triângulo.

Postado Em: Notícias | 0

Esteve em Tupaciguara na tarde deste dia 31.08 o diretor executivo do Circuito Manoel Pedro Leal, com objetivo de startar a formatação e definição da Rota Turística “ Pesca e lazer do Grande Lago do Triângulo” o roteiro turístico que com certeza vai realçar a pesca em minas  será promovido pelo Circuito e pelas cidades convidadas que são ,Tupaciguara, Araguari, Araporã, Cachoeira Dourada  e Centralina    – O Alta mogiana que está preparando vários roteiros integrados da região está bem animado com este novo Roteiro, pois segundo Leal, poderá receber milhares de pescadores esportivos  interessados em contemplar  a Natureza e ainda praticar o esportes que vem contagiando muita gente. A reunião aconteceu na Escola Técnica da cidade contou com a presença do Prefeito Tenente Carlos abrindo e dando boas vindas a todo, estiveram presentes os empresários e representantes públicos dos municípios citados acima que ouviram inicialmente uma apresentação do Circuito feita pelo Manoel Pedro eu explicou todas as etapas de como formatar um roteiro turístico  e como organizar a participação dos empresários no processo. Logo em seguida o pescador esportivo e empresários Tiago Simão da cidade de Uberaba fez sua palestra sobre a pesca esportiva e da importância da preservação do peixe, disse também das parceria com a Tucuna Master, entidade de respeito de todos e que já trabalha este segmento a muitos anos.

Tiago que vive da pesca esportiva disse da expectativa de criar uma parceria com o Circuito Alta Mogiana e da pretensão de realizar eventos do segmento para as 30 cidades do Alta Mogiana em 2018 que será muito importante, segundo ele, para o processo de sensibilização de todas as comunidades. Manoel disse também da importância das prefeituras e câmaras Municipais aprovarem uma lei mais restrita que colabora com a lei federal sobre a pesca predatória que vem a cada ano matando muito peixe, o que não poderia mais estar acontecendo. Explica Manoel e Tiago que não existirá rota de pesca sem o Peixe, então todos as cidades que quiserem aderir ao projeto deverá providenciar a aprovação desta lei que já existe em vários locais e que vem dando ótimos resultados, como é o caso de Nova Ponte MG,  por este motivo todos os empresários presentes e representantes das prefeituras pediram mais tempo para se organizarem com seus setores jurídicos e em seguida realizarem as audiências públicas sobre o assunto com o legislativo.

Leal disse que cada cidade terá o prazo desejado e que o Circuito somente vai dar os próximos passos em conjunto com todas as prefeituras. Leal ainda lembra eu todos os empresários participantes do projeto terão capacitações junto ao sistema S, devida parceria criada entre o Sebrae e o CT Alta Mogiana. Somente depois de tudo pronto irão a lançar o Roteiro reafirma o Presidente Baguá.

Compartilhe a Noticia:

Deixe uma resposta